Moçambique

Olá!
Eu vou passar um ano no Moçambique e estou estudiando português por isso. Mas o contéudo aquí é solo em português brasileiro o de Portugal, e me pergunto se o português de Moçambique seja muito diferente. É que algum por aquí sabe mais sobre o português de Moçambique?

Até onde eu sei, o português de Moçambique é mais parecido com o de Portugal que com o nosso. Vc pode achar algo de seu interesse aqui: BBC Para Africa | Arquivo

Yo soy mozambiqueño lol eu sou moçambicano e acho que posso responder a sua questão. O português que aqui falamos é o português europeu, isto é, de Portugal. Estudar tanto o português brasileiro como o de portugal não fará muita diferença. Cá, é fácil se comunicar com o português brasileiro soa bem melhor que o português porque assistem se muitos programas brasileiro, novelas especialmente. Vai ser fácil você se comunicar porque nós falamos não muito rápido como os portugueses, embora temos como língua a deles. Fiz-lo entender? Eu recomendo que estude o brasileiro, é mais simples.

Olá, Tomás,
talvez haja mais diferenças em termos de vocabulário. Digo isso porque certa vez, li um livro do Mia Couto, e achei uma experiência interessantíssima, porque apesar de eu conseguir entender o que ele queria dizer, a escolha de palavras me parecia completamente estranha. Então para mim a coisa soava como se fosse e não fosse português ao mesmo tempo… eu não sinto isso tão forte, por exemplo, lendo o Saramago.
Bem, essa foi a minha única experiência com o português de Moçambique, pode ser que por acaso o Mia Couto goste de palavras bizarras, e as maluquices literárias do Saramago sejam de uma outra espécie… ehehheh

Olá Ana Paula! Bem talvez seja isso. O Mia Couto nos seus livros tenta escrever a sua maneira, com o português que só ele próprio conhece, uma particularidade exclusiva dele. O Mia é fascinate não pelo que diz mais sim como se expressa. Ora o Saramago é mais direto e poupa palavras “deficies”, isto é, ele tenta vir ao nosso encontro que é o contrário do Mia. A língua portuguesa em Moçambique, assim como aconteceu no Brasil, o português sofreu significantes modificações no sentido das palavras principalmente, mas não tantas que dificultam a compreensão. (falo demais e por vezes nem sei se o que digo é realmente o que pretendia dizer) enfim, acredito que há uma ligação entre o português falado na europa e na américa, e que entendendo um e outro sempre entendere-se-a um todo.

Olá Ana Paula! Bem talvez seja isso. O Mia Couto nos seus livros tenta escrever a sua maneira, com o português que só ele próprio conhece, uma particularidade exclusiva dele. O Mia é fascinate não pelo que diz mais sim como se expressa. Ora o Saramago é mais direto e poupa palavras “deficies”, isto é, ele tenta vir ao nosso encontro que é o contrário do Mia. A língua portuguesa em Moçambique, assim como aconteceu no Brasil, o português sofreu significantes modificações no sentido das palavras principalmente, mas não tantas que dificultam a compreensão. (falo demais e por vezes nem sei se o que digo é realmente o que pretendia dizer) enfim, acredito que há uma ligação entre o português falado na europa e na américa, e que entendendo um e outro sempre entendere-se-a um todo.

aha! Que interessante… e eu pensava que os moçambicanos tinham inventado uma variante extravagante do português… nesse caso, parece que foi só o Mia Couto…
Quanto aos significados, acho que cada região vai recriando os seus. Mesmo dentro do Brasil, existem palavras que só são entendidas em certos estados, enquanto que em outros são absolutamente desconhecidas ou então, são entendidas de forma completamente diferente.
O português de Portugal eu entendo, mas confesso que tenho que ficar atenta, porque eles realmente falam muuuuito rápido.
Legal, vivendo e aprendendo! A gente aqui no Brasil tem muito pouca informação sobre outros países de fala portuguesa, acho que até pelas dimensões gigantescas mesmo, a gente acaba não tendo muita noção do mundo lá fora…

Na verdade, os brasileiros tem uma vasta lista de palavras que antes de as novelas brasileiras terem chegado, eu desconhecia completamente. Palavras como: sinistro, abacaxi, legal, maneiro, extravagante. E outras palavras semelhantes mas que no brasil tinham outro sentido. Mas actualmente usamos palavras brasileiras no nosso vocabulário devido a influência vossa. Daqui a um tempo, falaremos a mesma língua sem problemas de compreensão. Você sabia que há uma grande diferença entre “uma boa mulher” e “uma mulher boa”?

Obrigada! É bem saber que não importe muito quel typo de português eu estudo, que ambos são comprendido em Moçambique…

Exactamente isso, helloyou Todo o português é compreensível com perfeição

Sim, Tomás, no Brasil também “boa mulher” e “mulher boa” são dois - digamos, tipos humanos - completamente diferentes… hehehehe

Pois é… :slight_smile:

Então você pode explicar a diferença para algum que não sabe?

Posso tentar…
“Boa mulher” é uma mulher que é gentil com as outras pessoas. Poderia se dizer uma mulher bondosa, amorosa, afável.
“mulher boa” é uma forma - um tanto grosseira - de dizer que a mulher é sexualmente atraente. Mais ou menos o que os jornais do mundo todo insinuaram que o Obama e o Sarkozy estariam pensando sobre a garota brasileira na reunião do G8 na mais famosa foto da semana… lol

A Ana disse tudo! lol

Ana, você tinha que ser linguísta.

ok, pensei alguma coisa como isso, mas não sabia por certo…

É, mas não dê muita importância a essa diferença, as duas maneiras podem ser usadas quando se quer elogiar o carácter.

Tomás,
eu bem que estou tentando me tornar uma linguista… mas falta muuuuuuito para alcançar o Steve! lol
Eu ainda acho mais seguro dizer que a mulher é legal… assim não tem risco de levar um tapa… hehehe
:wink:

e tapa de brasielira dói… e muito!!!