Uns números

Pra tudo mundo,
Qual e correto:
“cento cinqüenta e sete”
“cento e cinqüenta e sete”?
Com abraço,
Alan

A segunda opção, Alan.

Minha querida AnaPaula,
Olá! Uma outra vez me contesta você tão rápido; acho que não põe imaginar-se quanto me ajuda! [Aqui quisera usar o “tu” como em Portugal: que não pões imaginar-te quanto me-ajudas!]
Em quanto ao último ponto: Não lhes falta aos falantes do português brasileiro algo da “intimidade” do tuteo?
Com um grande abraço,
Alan

Olá at41,

“acho que não põe imaginar quanto me ajuda”.

põe é a terceira pessoa do singular, sim, só que do verbo “pôr” (to put)

o correto seria: “acho que não PODE imaginar o quanto me ajuda”

Diego